O diário de Frida Kahlo

Ela sorria e chorava, pintava e sonhava com a poesia chamada Diego. Tentava transbordar o sentimento quando já não  mais podia suportar, mas Diego nascia todos os dias. Esta é a sina dos que amam.

image

Advertisements