Maltese spring 2016

Yesterday the spring invited us to enjoy the flowers in the garden.
Today the birds were our alarm clock. It was not ringing, it was singing the most beautiful notes for life. We weren’t later,
nothing more to ask… I can not understand, but it is so mysterious and cheerful.
I was inspired and feeling so lucky that I decided to try something new.
“A cappuccino with ice, please.” What a disaster! The important is to try.

I tried another new thing which I could put my soul. A salad with avocado. The important is to try.

Maltese spring 2016

Maltese spring

Maltese spring 2016

Maltese spring 2016It is so grey but it isn’t the sky
It is so grey without your eyes

Maltese spring 2016

Maltese spring 2016

Maltese spring 2016

Maltese spring 2016

Advertisements

Relaxed eyes, relaxed mind – III

Blue sky, a scene for two yellow butterflies flying and spinning round, spinning round, spinning round. Only two colours: blue, yellow, blue, yellow. No camera, just my eyes, my mind, eyes and mind.

Céu azul, um palco para duas borboletas amarelas voando e girando, girando, girando. Apenas duas cores: azul, amarelo, azul, amarelo. Sem câmera, apenas meus olhos, minha mente, olhos e mente.

 

Relaxed eyes, relaxed mind – I

Relaxed eyes, relaxed mind – II

Uma pequena decepção

Nem sempre tudo vai tão bem. Ás vezes o café esfria e você não consegue mais desfrutar da bebida e então bate aquela tristeza, sabe?

Pois bem, eu encontrei um daqueles sites aonde é possível baixar alguns livros em pdf e eu tomei isso como uma oportunidade de ler alguns clássicos e afins já que encontrar a literatura brasileira aqui na ilha é impossível (penso eu) e além do mais, fretes são bem caros. Eu estava bem feliz e completamente envolvida com o set O TEMPO E O VENTO do Érico Veríssimo até as páginas do nosso Kindle começarem a rolar em branco. Ai, desastre literário. Ops, não foi um desastre literário, foi um desastre de pdf porque os livros até então são dignos de respeito. Eu ainda tentei um outro download com a mente deitada em uma faísca de sorte mas o arquivo também estava incompleto. Há muitas coisas podres por dentro e não se vê!

Ok, apesar do desgosto e enquanto a oportunidade de retomar a leitura está a caminho, há sempre um outro livro na estante e um café pronto para isso.

O tempo e o ventoEsperando te encontrar outra vez, querido set 🙂

Um livro na estante

Uma outra aventura literária 🙂

Enquanto isso

Um café muito bem acompanhada 🙂 🙂

 

Aubergine with basil / Berinjela com manjericão

 albergineAubergine smell is in the air again!

Some books guide me about my ideas for recipes, especially those which show me the ingredients in nature and depth. 🙂 To give a stronger flavour to the aubergine, basil herb  was chosen by my inspiration.

“Different types of herbs can be found more or less everywhere, but usually the ones with the strongest flavours are those that grow in poor, rocky soils and in areas with bushes … There’s another reason why herbs Maltese are of better quality Elsewhere throughout the summer, the long days of bright and uninterrupted sunshine stimulates the plant, giving you energy and forcing your metabolism to work overtime “TASTE OF MALTA – ANTON B. DOUGALL

We love to enjoy our terrace and the smell of all the delights that summer is bringing with it. A certainty that we are a small part of nature, but we can enjoy all the infinity of these long summer days.

Once the basil is a delicious and aromatic herb, our palate was awakened when it was served with the aubergine. It is indeed a lovely taste. For this dish, the slices of aubergine were cooked in salted water. A mixture of garlic, basil and olive oil prepared in a mixer and then placed over the aubergine slices, was the last step before being put in the oven for 15 minutes.

 

with basilwith basilA summer delight you can serve with meat, chicken, fish, etc.

For recipe details, sandraaduarte82@gmail.com

🙂

 with basil

 Cheiro de berinjela está no ar outra vez!

Alguns livros me norteiam quanto às minhas ideias para receitas, especialmente aqueles que me mostram os ingredientes em sua natureza e profundidade. 🙂 Para dar um sabor mais forte à berinjela, o manjericão foi a erva que escolhi em minha inspiração.

Diferentes tipos de ervas pode ser encontradas mais ou menos em toda parte, mas normalmente os únicos com os sabores mais fortes são aqueles que crescem em solos pobres, pedregosos e em zonas com arbustos Há ainda uma outra razão pela qual ervas Maltesas são de melhor qualidade. Em outros lugares durante todo o verão, os longos dias de sol brilhante e ininterrupto estimula a planta, dando-lhe energia e forçando o seu metabolismo a trabalhar horas extras TASTE OF MALTA – ANTON B. DOUGALL

Nós adoramos aproveitar o nosso terraço e sentir o cheiro de todas as delícias que o verão está trazendo com ele. Uma certeza de que nós  somos uma pequena parte da natureza, mas que podemos desfrutar de toda a infinitude destes dias longos de verão.

Um vez que o manjericão é uma erva deliciosa e aromática, o sabor, delicadamente,  despertou o nosso paladar e o cheiro ficou no ar. Para este prato, as fatias da berinjela foram cozinhadas e então receber um pouco de sal. Uma mistura de alho, manjericão e azeite de oliva preparada no liquidificador e depois colocada sobre as fatias de berinjela, foi o último passo antes de serem levadas ao forno por 15 minutos.

Uma delícia de verão que você pode servir com carnes, frango, peixe, etc.

Para detalhes desta receita, sandraaduarte82@gmail.com 🙂